Escapar

Região Norte

La Galice et Nord du Portugal sont intégrés dans un espace géographique et culturel commun. Le Nord-Ouest de la péninsule ibérique est en effet une Région caractérisée par une culture « castraise » pour signifier que la géographie, le relief et le climat de ces régions ont fait qu’historiquement chaque ville, chaque « Castro » vivait dans une situation assez éloigné l’un de l’autre et dans un type d’économie communautaire et autonome. La féodalité n’a existé que partiellement dans cette partie de l’Europe que les romains n’arrivèrent pas vraiment à romaniser. La Galice est aussi une zone historiquement assez fragmentée en de nombreux petits propriétaires terriens: le regroupement des terres n’y a pas eu lieu. Ces peuples qui vivent sur la façade atlantique de l’Europe de la péninsule ibérique, dans des zones rocailleuses exposées aux forces de l’océan ont des traits de caractère communs avec tous les peuples celtiques.

Mau Guia com o apoio de Maria Luísa Malato, Professora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, Departamento de Estudos Portugueses e Românicos
Perto

Atravessar o Douro de barco para a Afurada

Apanha o «Flor do Gás » a partir da Cantareira para ir à Afurada, um pequeno porto de pesca. 1€ para atravessar ou 2€ com bicicleta. Vai ao mercado (3ªs e sábados de manhã) ou à noite, podes jantar num dos restaurantes de peixe. Um pouco mais longe podes visitar a nova Marina.

Marina Douro

Passeia para ver os barcos na nova marina depois da vila de pescadores da Afurada. Se o acesso à Marina estiver fechado, não hesites em perguntar a um dos empregados da Marina, se podes ir ver os barcos ou a casa flutuante. Há uma escola de vela Júnior e uma escola de vela para Adultos. Continuando o passeio, todo o caminho até Miramar é muito bonito, passa-se o ecossistema do rio com os seus pássaros, o verde poderoso da sua encosta e a força do oceano.

Miramar – Praia Madalena em Vila Nova de Gaia

Uma praia com rochas, segura e perfeita para nadar e levar as crianças porque as ondas não são muito fortes. Experimenta entrar no Restaurante Piriri para provar os petiscos e beber um belo Compal de Pêra Rocha, a mais nacional das frutas!

Porto de Pesca de Matosinhos

Ainda que não seja tarefa fácil, o pedido faz-se junto do diretor do porto. O acesso é restrito aos antigos pescadores, mas podes aparecer frente ao Doca Pesca (nome do explorador do porto) onde se encontram todos os bons restaurantes, vendedores ambulantes e entrar num pequeno mercado de peixe logo ao início do porto. Logo depois há um segurança. O porto funciona todos os dias. Aconselhamos-te a ir pelas 10:30 da manhã, hora de chegada dos barcos de sardinhas (os outros chegam geralmente bem mais cedo). Para aqueles que querem absolutamente tentar entrar, podem sempre tentar dizer ao segurança a palavra passe que é « gaivota », imitando o movimento do pássaro, e pode ser que ele venha a deixar-te passar.

Piscinas das Marés, Leça da Palmeira

As Piscinas das Marés são um conjunto de piscinas de água salgada localizadas na Praia de Leça, em Matosinhos. Construído na década de 60 e inaugurado em 1966, foi desenhado pelo arquiteto Álvaro Siza Vieira. As Piscinas de Marés estão abertas ao público entre 15 de Junho e 15 de Setembro, todos os dias da semana (de 2ª a Dom.), das 9h às 19h.

T: 229 952 610

www.cm-matosinhos.pt

Quinta de Villar d’Allen

Quinta de finais do século XVIII, de influências francesa e inglesa e que detém uma das maiores colecões de camélias da cidade e do país. Um jardim de outros tempos onde te podes encontrar com os fantasmas da literatura e das artes paisagísticas do Romantismo. O Viveiro encontra-se aberto ao público, de 2ª a 6ª das 08h30 às 18h. Aos Sábados, das 9h às 18h. As visitas guiadas aos jardins realizam-se aos sábados a partir das 14h30.

T: 225 302 741

Rio Douro

Praia Fluvial de Atães

Fica na margem direita do Douro, a 6 km da cidade do Porto. Sitio protegido do vento. A temperatura da água é mais quente do que a do mar. Seguindo na direção de Entre os Rios pela Marginal do Rio Douro, 8 km do centro do Porto paragem Atães, pequena aldeia junto ao Rio. Este é um bom lugar para a canoagem.

A Região do Douro pode ser descoberta de carro, barco ou apanhando o comboio em direção a Régua que viaja ao longo do Rio Douro. A paisagem desta região com as culturas do vinho constitui um exemplo singular da relação do Homem com a Natureza. Já não é apenas a sabor do vinho do Porto que é mundialmente reconhecido, é também as gentes, o ambiente, a cultura e a identidade desta região.

Um pouco mais longe

Windsurf: Cabedelo, Viana de Castelo [[]]

75 km no Norte de Porto (58 minutos de carro). Bom mar, com ondas e pode-se navegar na entrada do canal, apesar de ser proibido…Vento geralmente noroeste. Paisagem muito bonita especialmente na zona da praia. Praticantes de várias nacionalidades.

Arouca/ Serra de Freita [[ Isabel Vasconcelos, pioneira na proteção do ambiente em Portugal, diz : « Nasci em Arouca e saí de cá aos quinze anos para continuar a estudar no Porto. Nessa altura, Arouca era completamente rural e vivia da agricultura. Não existia nenhuma indústria no concelho, para além das serrações de madeira. Eu vivia o campo de uma forma muito intensa e, da cidade, apenas trazia o que não conseguia ter na aldeia. Eram sobretudo os livros e alguns produtos de culinária, menos usuais, que o meu pai gostava de experimentar. Comprava-os no Porto, ou em Lisboa, onde usualmente passava parte das férias de Verão. Quando regressava, vinha cheia de saudades dos aromas campesinos. Recordo o cheiro da alfazema, do alecrim, dos goivos, do buxo recentemente podado, e ainda do milho pronto a colher, das maçãs e dos pêssegos. Da adega, retenho a imagem inconfundível dos lagares cheios de uvas, e um sentimento de bem-estar numa atmosfera agridoce que o vinho acabado de fazer libertava. Há 3 anos, aceitei uma proposta de trabalho em Arouca, prolongando, assim, para além dos fins de semana, a minha estadia nesta terra. Temos uma agricultura de subsistência, um jardim para manter e uma forte ligação à comunidade. Queremos que o espaço que criámos, na Casa do Soto, seja um local de bem-estar, aberto a atividades que possam complementar a nossa oferta de Turismo Rural da Quinta da Mestra. ]]

A 60 km do Porto, Arouca GeoPark tem 41 lugares de interesse geológico. Podes descobrir paisagens, aldeias, património arqueológico (196 lugares e monumentos inventariados). Ótimo destino para atividades ao ar livre (Caminhadas, rafting, canoagem, BTT, Vistas Panorâmicas, Rio e Praia). AGA – Associação Geoparque Arouca, Rua Alfredo Vaz Pinto

T: 256 940 254

www.geoparquearouca.com

Onde ficar ?

Quinta Da Mestra

Pequena casa reconstruída e desenhada como um refúgio rural único.

4540-226 Burgo, Arouca

T: 93 289 9182

www.quintadamestra.com

Serra de Freita

Dois atrativos naturais imperdíveis: a queda de água da Frecha da Mizarela e as Pedras Parideiras. Aqui vais poder disfrutar de atividades desportivas e de lazer como: escalada (de vários níveis) e percursos pedestres.

NaturVeredas – Recuperação de caminhos tradicionais, Lda
Parque de Campismo do Merujal, Merujal (Arouca)


T: 256941834

www.naturveredas.com

Parque Natural de Gerês [[Para mim o Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG) só tem interesse quando se sai do asfalto e começa-se a calcorrear os trilhos pedestres. Eu fujo dos aglomerados populacionais, dos parques de merenda, dos centros de interpretação e postos de turismo. Escolho os meus trilhos online e telefono para o turismo ou centros do ICNB (Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade) do parque para confirmar o seu estado. Identifico o ponto de partida do trilho eleito e ponho pés a caminho. Só confio nos trilhos mantidos por estas duas entidades. Muito cuidado com percursos feitos por outras associações. A sua manutenção é duvidosa ou mesmo inexistente. Já subi as brandas onde admirei o pastoreio livre e o corte do feno em Agosto, já me perdi na Mata da Albergaria, último santuário da nossa flora autóctone onde no Verão mergulho nas lagoas e cascatas do Homem. Adoro as fragas da Cidade da Calocedónia ou do Trilho dos Pastores. No Mezio identifiquei dezenas de cogumelos silvestres. O PNPG tem recantos e segredos que se vai descobrindo a cada visita. Só há duas situações em que não é aconselhável ir ao Gerês. Na época dos incêndios ou nas fortes tempestades do Inverno. Fora isso é bom refrescar-me à sombra das árvores ou nos cursos de água nos dias mais quentes (não vou às margens das barragens), admirar as cores do Outono e fotografar cogumelos, sentir o silêncio e a ausência de cheiros no meio da neve, ou vibrar com o chilrear intenso da passarada, o cantar dos regatos e os verdes viçosos, pontilhados de cores silvestres na Primavera. É assim que eu vivo o PNPG, estação após estação. Manel Celestino.]]

A 100 km do Porto na zona de fronteira com a Galiza, a reserva do Gerês é dos poucos sítios na Europa onde há cavalos selvagens, cascatas, fontes de água natural, a natureza bruta e selvagem.

www.geira.pt/pnpg/index.html

Onde Ficar ?

Pousada da Juventude de Vilarinho das Furnas, em Campo do Gerês, concelho de Terras de Bouro. Aberto todo o ano!

T: 253 351 339

vilarinho@movijovem.pt

www.pousadasjuventude.pt

 Guimarães

Esta cidade história desempenhou um papel importante na formação de Portugal. O seu Centro Histórico incrivelmente restaurado é Património Mundial da UNESCO. Não há como não apanhar o teleférico até à Penha para ter um panorama da cidade e observar a geologia do lugar. Em 2012, a cidade é Capital Europeia da Cultura, ocasião de se destacar como palco de variadíssimas iniciativas culturais na Região Norte. http://www.guimaraesturismo.com/

 GALIZA

A nosa proximidade xeográfica e cultural á Galiza é unha evidencia para todos. Respecto á lingua, as semellanzas son tais que cando falamos uns cos outros perdémonos frecuentemente entre idiomas e súas fronteiras.

A ADDICT [[ A ADDICT tem como propósito promover o desenvolvimento das indústrias criativas através da pesquisa, informação e coordenação do setor.

ADDICT - Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas Rua Reboleira, 47

T: 222 013 290

info@addict.pt ]], como plataforma que representa o sector da economía creativa na rexión Norte, considera a Galiza un mercado loxicamente prioritario. Aínda as dinámicas transfronteirizas neste sector son aínda emerxentes, algunhas alimentados por iniciativas comunitarias que visan o desenvolvemento rexional. Gradualmente, ao nivel do territorio, diversos axentes teñen contribuído para desbloquear obstáculos administrativos e mentais á nosa mobilidade e espírito colaborador. O Vale do Miño, sendo xa un territorio partillado, pode ser citado como exemplo. A Escola Superior Gallaecia, [[A Escola Superior Gallaecia (ESG) é dos poucos estabelecimentos de ensino universitário de caráter transfronteiriço, não só pela sua localização, mas também pelo fato de parte do seu corpo docente e estudantil ser galego.

As suas principais caraterísticas são o ensino personalizado e a estreita relação existente, entre o património, o ambiente e as artes, nas licenciaturas ministradas, tendo em atenção constante, a integração do homem no meio. É das poucas instituições universitárias integradas no meio rural, possibilitando aos seus estudantes intervirem em equipamentos (Design), em estruturas (Arquitetura) e em paisagens (Ecologia e Paisagismo) em contextos não urbanos.

Escola Superior Gallaecia
, Largo das Oliveiras
, Vila Nova de Cerveira]] a Fundação Bienal de Cerveira, [[ Fundação Bienal de Cerveira Projeto transfronteiriço dedicado à arte contemporânea : bienal, residências artísticas, galeria, laboratório de formação e uma câmara municipal virada para as artes e turismo de valores.

Largo do Terreiro nº 48
Vila Nova de Cerveira

T : 251 794 633]]o festival de cinema Filminho, [[ O Filminhoé um festival de cinema que serve de mote para as localidades de Vila Nova de Cerveira e Tominho esquecerem, por uns dias, a fronteira, através da projeção de uma dezena de películas]] a plataforma de encontro de arquitectura e urbanismo Galarq e as Comédias do Minho, [[ As Comédias do Minho é um projeto pioneiro e descentralizador de  uma Companhia Profissional de teatro que desenvolve o aproximarte (projeto pedagógico) e um Projeto Comunitário (envolvendo as populações e as associações culturais locais). A direção artística é de João Pedro Vaz, ator e encenador.]] ten vido a desenvolver unha acción integrada máis alá dos paradigmas municipais e nacionais. Precisamos continuar. Importa apostar na construcción de proxectos lado a lado, que sexan de raiz imaxinados e realizados en común, para que a circulación e cooperación entre nos se torne unha realidade cada vez mais palpable.

Cristina Farinha, ADDICT–Axencia para o desenvolvemento das industrias creativas rexión Norte

Mais propostas na Galiza

Vigo é o paraíso do marisco, das tapas e das pequenas tavernas. Visita o porto de pesca e bebe uma cerveja artesanal. Destino tradicional de compras de muitos nortenhos, especialmente antes do Natal para comprar chocolate, churros, caramelos, ervas, açafrão, cerveja artesanal e cidra. Obrigatório beber um chocolate quente antes de fazer uma visita ao:

MARCO – Museo de Arte Contemporánea de Vigo

Príncipe 54 | 36202 Vigo

T:34 986 113 900

info@marcovigo.com

De 2ª a 5ª das 9h- 15h e das 16.30-19h

6ªs das 9h às 15h

Ilha de Arousa

A 200 km do Porto, um destino selvagem onde a boa comida e a simpatia das pessoas impera.

Caminho de Santiago de Compostela

O Caminho Português de Santiago de Compostela tem um trajeto que começa a partir do Porto, saindo da Sé Catedral. Até Santiago o percurso tem uma extensão de 240 km, e pode ser feito a pé, bicicleta ou a cavalo. O percurso está todo indicado por setas amarelas. Todas as informações incluindo guia, conselhos, informações sobre albergues e credenciais podem ser encontrados no site da Associação dos Amigos do Caminho de Santiago em Ponte de Lima.

www.caminhoportuguesdesantiago.com

Depois de recuperares do esforço físico do caminho de Santiago, e antes de te pores à descoberta dos vários restaurantes e pubs da cidade, eis uma outra proposta de contemplação:

CGAC

O Centro Galego de Arte Contemporânea é um espaço de difusão cultural cuja função é dinamizar o panorama artístico atual e refletir sobre a diversidade da cultura na sociedade contemporânea.

Rúa Valle Inclán s/n

Santiago de Compostela

T: 981 546619

cgac@xunta.es

Aberto das 11h- 20h